Uso de fotólise direta e H2O2/UV em solução aquosa contendo o corante violeta cristal

Lucas Rafael Carneiro da Silva, Thalena Lima da Silva, Francisca Pereira de Araújo, Edson Cavalcanti da Silva Filho, Josy Anteveli Osajima

Resumo


Neste trabalho, investigou-se a descoloração do corante Violeta Cristal (VC) por meio de fotólise direta e peroxidação fotoassistida em reator aberto à atmosfera sob irradiação UV, tendo como fonte de radiação uma lâmpada sem bulbo vapor de mercúrio de 125W E27. O intervalo ótimo de fotólise do corante VC foi de 7,0 x 10-6 mol.L-1, apresentando uma porcentagem de descoloração em torno a 12, 37 e 25% maior em comparação com as demais concentrações, e o acompanhamento da variação da Absorbância x Tempo (min) por meio das curvas confirmou que de fato essa foi a concentração que mais descoloriu. Analisou-se o efeito de H2O2 na descoloração da solução aquosa do corante VC a 9,0 x 10-6 mol.L-1, e concluiu-se que a adição desse oxidante beneficiou o processo de fotólise.

Palavras-chave


Corante. Fotólise. Peróxido de hidrogênio. Solução aquosa. Violeta cristal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v17i1.12211

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia