Mapeamento e verificação da existência de sistema prévio de tratamento de efluentes nas fontes geradoras de efluentes oleosos no município de Coxim

Cleiton Oliveira dos Santos, Josenilson de Assis Ferreira, Thiago Oliveira Barbosa, Paulo Martins da Silva Junior

Resumo


A Política Nacional de Resíduos Sólidos determina a obrigatoriedade de aplicação da logística reversa para Óleos Lubrificantes, seus derivados e suas embalagens, devido ao risco que este produto oferece ao meio ambiente, entretanto, verifica-se o descumprimento deste dever pelos geradores. Portanto, este estudo objetivou mapear e diagnosticar a situação de empreendimentos que geram esse resíduo no município de Coxim, verificando a existência de um sistema prévio de tratamento de efluentes, o que permite sua posterior logística reversa. Neste sentido a metodologia adotada foi o mapeamento das fontes por meio de visita aos pontos e anotação das coordenadas geográficas com o auxílio de um GPS, após os dados foram processados com auxílio do software livre Quantum GIS. Foram 40 pontos potencialmente geradores de efluentes oleosos em atividade no município: são lavadoras de veículos, oficinas mecânicas, oficinas de moto e postos de combustível, dos quais cerca de 83% possuem sistemas de pré-tratamento de efluentes, que são as caixas separadoras de água e óleo. 7% apresentam seus sistemas com algum problema operacional ou de forma inadequada, a maior quantidade de empreendimentos em dissonância com a Política Nacional é a mecânica de veículos, já que os postos apresentam 100% de eficiência no tratamento anterior, pois todos possuem caixas separadora de água e óleo. Conclui-se com este trabalho que existe a necessidade da mecânica de veículos se adaptarem às políticas vigentes, como postos de gasolina, embora seja necessário aplicar sistemas de pré-tratamento para tratamento de efluentes a todos os potenciais geradores do município, a cidade de Coxim, tem valores significativamente positivos, uma vez que a grande maioria das empresas conta com esse sistema o que implica na operacionalização da logística reversa obrigatória na região de estudo.

Palavras-chave


Logística Reversa. Tratamento de efluentes. SIG. Gestão ambiental urbana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v19i4.12349

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia