Investigação ambiental de uma antiga indústria química

Paola Pasqualini Gayego Bello

Resumo


Nos últimos 50 anos questões de contaminação de solo e águas subterrâneas têm sido objeto de grande preocupação no Mundo e no Brasil, principalmente em antigos centros urbanos industriais. O objetivo desta pesquisa foi caracterizar quantitativa e qualitativamente o meio físico local de uma antiga indústria química, utilizando amostras de solo e água subterrânea, e elaborar o modelo conceitual da área à luz do desenvolvimento teórico das áreas contaminadas ao longo das últimas décadas. Os resultados analíticos indicaram a presença de etilbenzeno e xilenos totais acima dos valores de intervenção da CETESB/16 no solo, e benzeno, etilbenzeno, o-xileno, m,p-xileno, xilenos totais, TPH Total (C8-C40) e 1,2-dicloroetano acima dos padrões comparativos de referência para a água subterrânea. Ainda que não tenha sido identificada fase aquosa não miscível (LNAPL), esta pesquisa apontou que as concentrações elevadas indicam uma fração de contaminante residual ou trapeada na zona saturada que continuamente alimenta a água subterrânea, gerando as plumas em fase dissolvida identificadas à jusante e fora dos limites do terreno.

Palavras-chave


Investigação Ambiental. Contaminação Ambiental. Indústria Química.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v20i4.12395

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia