AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS DE QUALIDADE DE ÁGUAS SUPERFICIAIS EM MANANCIAIS DO MUNICÍPIO DE JALES – SP

Gema Aparecida Prandi-Rosa, Adalberto Farache Filho

Resumo


Avaliaram-se parâmetros de qualidade de águas superficiais em mananciais do Município de Jales, SP, considerando-se sua importância, não somente como um recurso natural vital, mas também relacionada à sua quantidade, qualidade e
disponibilidade para uso pela comunidade e interação com os fatores ambientais associados à bacia hidrográfica. A escolha da área baseou-se no fato de constituir em uma das sub-bacias do Rio São José dos Dourados e não apresentar nenhum tipo de estudo ou análise ambiental para fins acadêmicos. Foram avaliados os seguintes parâmetros:
demanda química de oxigênio, demanda bioquímica de oxigênio, turbidez, coliformes totais e E. coli. Durante 12 meses, amostras foram colhidas mensalmente em sete
estações dos Córregos do Marimbondinho e do Tamboril e do Ribeirão Marimbondo, e, trimestralmente, em duas estações no efluente do Frigorífico. Este estudo teve como objetivo avaliar a intensidade das alterações provocadas pelas descargas de esgotos domésticos e efluente do Frigorífico nas águas dos corpos receptores e verificar a eficiência do tratamento do efluente industrial deste frigorífico e sua influência nos níveis de poluição dos córregos e ribeirão estudados, mensurando os indicadores (parâmetros)
de poluição citados anteriormente; visa ainda fornecer subsídios para o planejamento regional integrado e conservação da sub-bacia e, conseqüentemente, da bacia hidrográfica do Rio São José dos Dourados. Concluiu-se que os lançamentos de esgotos domésticos e dos resíduos líquidos industriais do Frigorífico elevam sensivelmente os níveis de poluição das águas dos corpos receptores quanto aos parâmetros estudados; além disto, o tratamento efetuado no efluente do Frigorífico não é suficiente para reduzir a carga poluidora aos níveis recomendados para que seja despejado nos córregos.

Palavras-chave


Qualidade da água; Demanda química de oxigênio; Demanda bioquímica de oxigênio; Turbidez; Coliformes; Escherichia coli.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v2i1.1611

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia