PROPOSTA DE MATRIZ PARA LEVANTAMENTO E AVALIAÇÃO DE IMPACTOS DE VIZINHANÇA

José Augusto de Lollo, Sergio Antonio Rohm

Resumo


O Estudo de Impacto de Vizinhança, instituído pela Lei 10.257/2001, é o instrumento legal disponível para a avaliação de impactos ambientais urbanos devidos à implantação de novos empreendimentos. Tal estudo engloba um grande número de intervenções no meio, de impactos possíveis, e de componentes ambientais afetados, o que torna bastante complexo sua execução. Em tal situação, a
matriz de impactos é uma técnica muito útil, pois permite a identificação e a avaliação dos impactos de forma simples, ágil, e bastante flexível. A matriz proposta leva em conta cada uma das fases de implantação do empreendimento, os impactos esperados e os componentes ambientais afetados em cada caso. É também proposta uma classificação de impactos de vizinhança em quatro grupos: impactos no meio
físico, impactos urbanísticos, impactos na infra-estrutura urbana, e em saneamento e qualidade de vida.

Palavras-chave


Impacto de vizinhança. Matriz de impactos. Impactos ambientais. Planejamento urbano. Gestão ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v5i2.318

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia