DISPONIBILIDADE HÍDRICA DA BACIA DO RIO PIRACICABA, ESTADO DE SÃO PAULO, BRASIL

Newton Muller Pereira, Sueli Yoshinaga Pereira, Rachel Negrão Cavalcanti, Abel Maia Genovez, Gabriela de Paula

Resumo


O presente artigo visa avaliar a disponibilidade hídrica na bacia do rio Piracicaba, confrontando dados de consumo de água, atual e futuro com as análises de vazões (média mínima e máxima mensais) do monitoramento existente do DAEE/ CTH. Um extenso trabalho de análise das informações existentes sobre o consumo e perfil de usuários foi realizado, em publicações existentes (artigos científicos, relatórios de situação e planos de recursos hídricos) e atualizados por meio em órgãos de controle e consultas diretas com o usuário. A bacia do rio Piracicaba compreende uma área de drenagem de 12.400 Km2, 90% dos quais situados no estado de São Paulo e o restante no extremo Sul de Minas Gerais. A população residente na bacia do rio Piracicaba totaliza 3,1 milhões de pessoas (SEADE,1998). A disponibilidade hídrica média na bacia é de 165 m3/s, caindo para 40 m3/s em épocas de estiagens. O Sistema Cantareira, que transpõe as águas da bacia para a Região Metropolitana de São Paulo, não tem mantido a vazão mínima de 40 m3/s estabelecida para o rio Piracicaba. O uso urbano (11,2 m3/s) e o industrial (9,9 m3/s) são responsáveis pela maior parte do consumo de água na Bacia (81%) enquanto o uso para a irrigação é responsável por 19% (25 m3/s). Há uma tendência de estabilização do consumo industrial e o crescimento do consumo urbano (2% a.a.) e do agropecuário (1,34% a.a.), totalizando um aumento de demanda de 0,35 m3/s a.a. O balanço das vazões superficiais indica que a Sub-Bacia do rio Jaguari possui as maiores vazões disponíveis, de 23,4 m3/s. Em apenas 13% do ano essa Sub-Bacia não dispõe, para manter a vazão de 40 m3/s no rio Piracicaba junto à cidade homônima, de vazões para atender a demanda prevista.

Palavras-chave


Recurso hídrico. Disponibilidade. Bacia hidrográfica. Rio Piracicaba. Demanda

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v4i2.352

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia