DETERMINAÇÃO DE Cd, Cr E Al EM TECIDO DE PEIXES PROVENIENTES DO RIO GELADO/APA, FLORESTA DE CARAJÁS-PA

Bruno de Cássio Veloso Barros, Simone de Fátima Pinheiro Pereira, Dulcidéia da Conceição Palheta, Cléber Silva e Silva

Resumo


Os peixes existentes no rio Gelado estão submetidos ao aporte de metais pesados, oriundos de rejeitos de uma das maiores mineradoras do mundo, que utiliza o rio como receptáculo de água de lavagem de minério. O trabalho teve como objetivo avaliar a presença de Cd, Cr e Al no tecido de peixes das espécies: piranha (Serrasalmus spp.), branquinha (Potamorhina spp.) e tucunaré (Cichla spp.) coletadas no rio Gelado, tendo em vista a preservação da saúde da população que consome estas espécies. As amostras foram solubilizadas usando abertura úmida e forno de microondas, e os metais analisados através do ICPAES (espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado). Al, Cd e Cr foram encontrados em altas concentrações, em todas as espécies avaliadas, representando um grande risco à saúde pública. Os elementos Al e Cr apresentaram excelentes correlações na espécie piranha. As análises estatísticas demonstram a influência da ação antrópica na região, levando a necessidade de futuros estudos para a verificação da dinâmica de correlação com outros elementos traços. As análises mostram que os elementos estão sendo absorvidos pelos peixes, e que os níveis de concentração de alguns elementos podem causar danos à saúde da população consumidora destas espécies.

Palavras-chave


Ictiofauna; Metais pesados; Amazônia; Área de Proteção Ambiental; Mineração

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v10i2.3668

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia