A INFLUÊNCIA DO PULSO DE INUNDAÇÃO NA ECOLIMNOLOGIA DE BAÍAS PANTANEIRAS: UM ESTUDO NA DINÂMICA DE INVERTEBRADOS AQUÁTICOS

Ernandes Sobreira Oliveira-Junior, Cristina Márcia de Menezes Butakka, Carolina Joana da Silva, Claumir Cesar Muniz

Resumo


Este estudo se propôs relacionar as variáveis ambientais com a biota presente em duas baías do Pantanal Matogrossense, próximas à cidade de Cáceres-MT. Foram coletados dados de variáveis bióticas e abióticas da água em seis pontos de amostragem durante um ano de pesquisa, compreendendo os quatro períodos hidrológicos do Pantanal. Foi encontrada rica fauna de invertebrados aquáticos associados à macrófitas, tendo a Classe Insecta maior representatividade. As variáveis oxigênio dissolvido, transparência e profundidade apresentaram diferenças estatisticamente significativas entre os períodos hidrológicos. Os grupos Nematoda, Ostracoda, Decapoda, Chironomidae, Dityscidae e Copepoda estiveram significativamente correlacionados com as variáveis estudadas. Estes resultados podem indicar que as variáveis limnológicas exerceram influência na comunidade de invertebrados aquáticos e que modificações na qualidade da água podem resultar em uma alteração na microbiota, a qual exerce papel fundamental no fluxo de matéria e ciclagem de nutrientes dentro de um ecossistema aquático.

Palavras-chave


Microbióta; Variáveis Limnológicas; Pantanal Matogrossense

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v13i2.6688

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia