GESTÃO DE RESÍDUOS NAS INSTALAÇÕES DA AGÊNCIA PAULISTA DE TECNOLOGIA DOS AGRONEGÓCIOS (APTA - PÓLO CENTRO SUL, PIRACICABA - SP)

Nadia Valério Possignolo, Glauco Arnold Tavares, Edna Ivani Bertoncini, André Cesar Vitti, Fábio Luis Ferreira Dias, José Albertino Bendassolli

Resumo


Este estudo teve como objetivo estabelecer práticas de gestão de resíduos gerados na APTA Pólo Centro-Sul. O inventário do passivo relacionado com os agrotóxicos resultou em uma lista com 104 ingredientes ativos, dentre os quais 16 com restrições legais, armazenados em condições inadequadas. No inventário do ativo relacionado com resíduos químicos foi observada a geração de soluções contendo metais, tais como o cromo e cobre. A técnica de precipitação química conferiu ao tratamento uma eficiência superior a 99,9%, permitindo atender o limite estabelecido pela legislação. Os resultados alcançados foram promissores e demonstraram um ganho ambiental considerável.

Palavras-chave


APTA Pólo Centro Sul; Programa de Gerenciamento; Resíduos; Cromo; Cobre

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v14i1.7376

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia