QUALIDADE DAS ÁGUAS DO CÓRREGO BANDEIRANTES NA SUB-BACIA DO RIBEIRÃO CLARO, MUNICÍPIO DE RIO CLARO, SP, BRASIL

Eleni Nadai Malagutti, Sâmia Maria Tauk-Tornisielo

Resumo


O Ribeirão Claro é um importante afluente do rio Corumbataí e parte dele está dentro da área urbana de Rio Claro, SP e possui uma das Estações de Tratamento de Água (ETA) desse município. O córrego Bandeirantes é um de seus afluentes e totalmente urbano, sujeito diretamente o uso e ocupação do solo em toda sua extensão. Já houve estudo de sua qualidade de água em 2002, mas recentemente com a construção de emissário ao longo do Ribeirão Claro e do Fórum em suas margens houve interesse de se obter informações sobre a qualidade da água, de forma a associa -las com outros fatores presentes na microbacia. Muitos fatores determinados não estiveram dentro do que determina a Resolução 357;05, para rio de classe 2. Há indícios que a qualidade da água deste córrego vem piorando, como também a quantidade por falta de conservação de suas margens e da mata ciliar.

Palavras-chave


Poluição das Águas; Fatores Bióticos; Fatores Abióticos; Metais Pesados; Indice de Qualidade das Águas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v14i2.9270

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia