APLICAÇÃO INTEGRADA DE MÉTODOS GEOFÍSICOS DA GRAVIMETRIA E GAMAESPECTOMETRIA EM MINERALIZAÇÃO DE CROMO NO MUNICÍPIO DE SÃO SEPÉ – RS

Syngra Machado Lopes, Walter Malagutti Filho

Resumo


Com grande importância no crescimento econômico do Brasil, o setor mineral é dependente de pesquisas geológicas para ampliação de jazidas, além de pesquisas em novos alvos promissores. A pesquisa mineral compreende varias etapas desde os levantamentos geológicos, geoquímicos e geofísicos tanto em escala regional como local. A escassez de publicações de pesquisa mineral de detalhe no Brasil, em contraste com alto potencial em recursos minerais no âmbito nacional é a principal justificativa de realização de projetos em pesquisa mineral. Este trabalho propõe a aplicação de métodos geofísicos na caracterização de um corpo ultramáfico metamorfizado, mineralizado em cromo localizado na zona rural do município de São Sepé (RS). A área investigada apresenta rochas reunidas do Complexo Metamórfico Básico-ultrabásico e Complexo Metamórfico Vacacaí, estes complexos reúnem uma grande diversidade de litotipos, predominando os termos ultrabásicos, na forma de serpentinitos e xistos magnesianos, com metabásicos subordinados. Esta região é composta por um conjunto de rochas sedimentares, vulcânicas e vulcanoclásticas, com deformações e falhamentos pós- deposicionais, na qual são descritas diversas ocorrências minerais, principalmente, Cu, Zn, Au e Cr. Os métodos geofísicos da gravimetria e gamaespectometria são de grande relevância nos estudos das Geociências, inclusive em investigações de áreas com potencial mineral. A gamaespectrometria é um método geofísico superficial que permite determinar teores de elementos radioativos através da contagem da radiação gama emitida pelas rochas e minerais. Já a aplicação do método da gravimetria nos estudos de subsuperfície baseia-se em que diferentes distribuições de densidade abaixo da superfície, as quais provocam distorções no campo gravitacional terrestre, atualmente é bastante utilizado em diversas áreas. Para tanto, foram realizadas duas campanhas geofísicas distintas, uma para cada método e atualmente está sendo executado o processamento final dos dados bem como a integração e interpretação dos mesmos. Ao final do projeto, além da caracterização das anomalias geofísicas características de cada método, espera-se poder delimitar o corpo mineralizado, além de propor modelos sobre suas principais características.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia