Determinação de metais pesados (Fe, Mn, Cd, Cu, Co, Cr, Ni, Zn e Pb), matéria orgânica e carbono orgânico no sedimento de áreas de manguezal NO Município de Vigia De Nazaré, NE –PA

Anny Marysol Souza Cavalcante, Raimundo Nonato do Espiríto Santo dos Santos

Resumo


A contaminação e avaliação de metais no sedimento de ecossistemas aquáticos é um importante registrador da poluição ambiental ocorrida em locais próximos a áreas urbanas. Desse modo, o estudo investiga caracterizar e quantificar os teores de metais pesados (Fe, Mn, Cd, Cu, Co, Cr, Ni, Zn e Pb), no sedimento de fundo no Furo da Laura, município de Vigia de Nazaré (PA). A área é considerada de grande importância para o complexo hidrográfico, por ser um estuário que recebe contribuição da Baía do Marajó. Foram coletadas nove amostras de sedimento que foram peneiradas na fração argila <63 μm. Foi realizado a pesagem de massa de 0,5g de cada ponto, para ser submetida a digestão ácida. As determinações dos metais foram realizadas por espectrometria de absorção atômica com atomização por chama, extração parcial. As determinações de matéria orgânica e carbono orgânico se utilizaram como referência o método de Walkley-Black. Apenas os resultados pra Pb (P3, P4 e P7) e Ni apresentaram valores acima do limite tolerável estipulado pelo CONAMA 454/12 Nível 1, sugerindo a contribuição antropogênica, cujas prováveis fontes de lançamentos são os efluentes domésticos e industriais do município, e também, as atividades de transporte fluvial, vazamento de combustíveis, óleos e materiais graxos. Recomenda-se que a área seja monitorada para que se possa acompanhar o comportamento desses metais, que apresentaram teores anômalos.


Palavras-chave


Amazônia. Metais. Sedimento. Absorção atômica com atomização por chama.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v21i1.12416

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia