Problemática dos resíduos sólidos em canteiros de obras residenciais horizontais no interior paulista: estudo de caso

Eduarda Regina Carvalho, Mateus Ricardo Batista da Silva

Resumo


A construção civil é responsável por grande parte dos resíduos sólidos produzidos nas áreas urbanas, fato este alarmante e extremamente preocupante, do ponto de vista do desenvolvimento sustentável. Neste trabalho, foi realizado um estudo de caso sobre Resíduos da Construção Civil, sua identificação, destinação e processamento, apontando possíveis falhas que podem ser prejudiciais ao meio ambiente. A pesquisa concentrou-se em regiões do interior do estado de São Paulo, nos municípios de Caconde e São José do Rio Pardo, em canteiros residenciais horizontais. Inicialmente, a abordagem foi exploratória e posteriormente, aplicou-se as metodologias de pesquisa: explicativa, experimental, estudo de campo e o método de diagnóstico, avaliando-se como o problema é abordado nos respectivos municípios. Constatou-se que a destinação dos resíduos ocorre sem a devida separação ou reciclagem, sendo o item, instalações provisórias no canteiro de obras, classificado como ruim e em grande parte, não atende aos requisitos legais para seu bom funcionamento, fato verificado em ambas as construções. Os municípios diferem em termos de legislação municipal, mas depositam os resíduos urbanos em um mesmo aterro, localizado em um terceiro município. Verificou-se que os procedimentos requerem maior atenção por parte das construtoras que, por sua vez, carecem de fiscalização por parte do poder público, o que gera grande preocupação quanto a gestão ambiental e o desenvolvimento sustentável nas localidades citadas.

Palavras-chave


Resíduos da Construção Civil. Descarte e Processamento. Sustentabilidade. Interior Paulista

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v21i3.12447

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia