DEGRADAÇÃO FOTOQUÍMICA H2O2/UV DE CORANTE TÊXTIL REATIVO

Rodrigo Alves Pereira, Núbia Natália Brito

Resumo


Neste estudo foi investigado o desempenho do processo fotoquímico no tratamento do corante têxtil Indosol laranja 2GL 250. Um volume de 2,0 L de solução contendo 50 mgL-1 do corante reativo foi tratado em um reator fotoquímico H2O2/UV utilizado uma lâmpada 400 W. Em 30 minutos de tratamento foi observada a descoloração da solução na ordem 99,7% e redução da matéria orgânica de 50,0%. A redução da cor pelo processo em estudo foi comparada a um padrão definido pela literatura demonstrando que os resultados alcançados ficaram em níveis estabelecidos para descarte.

Palavras-chave


Reator; Remediação; Indústria têxtil; Reator fotoquímico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v13i1.5708

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia