ONDAS ULTRASSÔNICAS: BIOEFEITOS SOBRE CÉLULAS DE LEVEDURAS

Roberto Naves Domingos, Dejanira de Franceschi de Angelis, Carlos Renato Corso, Amauri Antonio Menegário, Rosilene Naves Domingos

Resumo


Aplicações de ultrassom foram utilizadas a partir de 1912, com o objetivo principal de detectar icebergs para evitar acidentes marítimos. Observou-se, também, que algas e peixes apareciam destruídos e mortos no entorno dos navios e submarinos equipados com sonar. As pesquisas e estudos sobre ultrassom muito evoluíram após a descoberta de transdutores piezoelétricos, possibilitando sua aplicação nas diferentes áreas da ciência e da tecnologia. Como exemplo, é citada como importante ferramenta em microcirurgias, detecção de fadiga mecânica na indústria espacial, catálise sonoquímica, biotecnologia e outros. O trabalho aqui apresentado mostra uma aplicação de ultrassons na forma pulsada em biotecnologia, com a finalidade de melhorar a fermentação de cultura etanólica em suspensão de leveduras e caldo de cana-de-açúcar. Nas experiências foram utilizados como gerador de ultrassom um oscilador Sonics VCX-600 (20 KHz), acoplado com transdutor de cavidade ressonante e guia de onda do tipo sonda. Os experimentos foram realizados em reatores de vidro temperado de capacidade de 200 mL que continham caldo de cana e Saccharomyces cerevisiae em suspensão. Os parâmetros analisados foram teor alcoólico (cromatografia em fase gasosa FID), viabilidade celular (Câmara de Neubauer), ATR (método refratométrico). Análise dos resultados demonstraram que a taxa de etanol produzido chegou a 12% a mais do que os teores obtidos nos reatores não irradiados, sugerindo que existem vantagens na ativação ultrassônica. Os resultados indicaram que o ultrassom é uma promissora alternativa para ser utilizada na produção de etanol, biocombustíveis e outros subprodutos da indústria sucroalcooleira e álcool química.

Palavras-chave


Ultrassom; Saccharomyces cerevisiae; Catalise Sonoquimica; Fermentação Etanólica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v12i1.5950

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia